CODEPSI

BUSCA AVANÇADA
< voltar

Ensaio

A dor como um possível recurso da existência *

Vera Maria da Costa Santos Tostes
5/2006

 

 A dor na situação analítica

 

As psicopatologias contemporâneas funcionam sob um regime de impacto traumático, o que implica um fazer analítico diferenciado, não apenas ancorado no registro das representações. Trabalhar nos limites da clínica psicanalítica requer ressaltar uma dimensão agida, que ocorre no campo do sensível, atualizando no corpo marcas de impressões afetivas que não acederam às inscrições psíquicas, mas que podem ganhar algum sentido na situação transferencial.

 

 Como “devolver” ao paciente a sua capacidade de representação psíquica? Este é o princípio do tratamento analítico. Frente à “desencorpação do psiquismo” é preciso “encorpar a linguagem”. Ou seja, tentar ligar as palavras às sensações que lhe deram origem. A doença surge em conseqüência desse elo sensorial perdido em relação à palavra. Vitalizar a linguagem, eis, então, um dos principais objetivos do processo analítico nessas situações singulares. Trabalho este que tem por princípio “nomear as sensações e dar corpo à linguagem” (FONTES, 2002, p. 128).

 

 

 

 Segundo J. McDougall (1991), a linguagem se ausenta toda vez que predomina uma forma arcaica de funcionamento mental, o que leva o paciente a reagir, em certos casos, com recursos psicossomáticos a um elemento “intraduzível”. No seu entender, as palavras têm uma função simbolizante, revelando-se continentes para representações de idéias fortemente carregadas de afeto. Portanto, “quando o indivíduo pode delas dispor livremente, as palavras podem permitir sua descarga que, do contrário, se faria de maneira devastadora no funcionamento somático ou na atuação” (p. 61).

 

 Esse livre acesso à palavra, conforme foi assinalado acima, é o que parece estar ausente nos quadros ditos difíceis que vêm marcando a clínica psicanalítica contemporânea, que passa a ter que lidar com um considerável aumento de perturbações da corporeidade em patologias psíquicas, dentre as quais destacamos: as doenças

Página          10  11  12  13  
Página          10  11  12  13  
< voltar
Os textos podem ser divulgados ou reproduzidos, integralmente, desde que mantenham as informações sobre o autor e sobre a CODEPSI.

Telefone: (21) 4141-9087
© 2018 CODEPSI. Todos os direitos reservados. | Política de Privacidade
Créditos: D| Design Estratégico e Interage Solutions