CODEPSI

BUSCA AVANÇADA
< voltar

Artigo

LEMBRANÇA INÚTIL

Maria do Carmo Bomfim
12/2011

Não sei por que te procuro
se não mais te desejo
nem te percebo por inteiro
e sim apenas fragmento
no meio da noite
no meu pensamento.
É impossível catar os cacos
e formar um vitrô
Tão frágil foi esse amor
que na primeira tempestade
o castelo desmoronou.
A procura da antiga imagem
tornou-se obsessão
e quase perdendo a razão
agora constato
já não somos as mesmas pessoas:
tomamos rumos tão diversos
que você não cabe nos meus versos
e me recuso a lembrá-lo à toa.

Poema - Menção Especial no concurso da ALAP-RJ.
< voltar
Os textos podem ser divulgados ou reproduzidos, integralmente, desde que mantenham as informações sobre o autor e sobre a CODEPSI.

Telefone: (21) 4141-9087
© 2018 CODEPSI. Todos os direitos reservados. | Política de Privacidade
Créditos: D| Design Estratégico e Interage Solutions